Temáticas de Política Educacional na cultura de formação de professores das Ciências Sociais

Eduardo Carvalho Ferreira

Resumo


Neste estudo, discutem-se os dados recolhidos pela pesquisa de survey intitulada “O que os cientistas sociais precisam saber de política e organização da educação básica para se tornarem professores?”. Destacam-se dois objetivos: a) refletir sobre aspectos do conhecimento dos professores de Sociologia acerca das temáticas correlatas às políticas educacionais, e b) problematizar a cultura de formação de professores nas Ciências Sociais. A priori, aventou-se a hipótese de que há uma lacuna na formação dos professores para o ensino escolar de Sociologia em relação as temáticas de política educacional, conquanto os resultados indicaram duas situações a serem consideradas: 1) a maioria dos respondentes teve contato com as temáticas durante a formação inicial; e 2) o conjunto da análise demonstra que paira uma incerteza dos/das respondentes em relação aos próprios conhecimentos sobre o assunto. Admite-se que tais destaques relativizam a hipótese e nos indicam que talvez não haja uma lacuna, mas um problema de qualidade da formação. 

 

Palavras-chaves: Formação de professores. Ensino de Sociologia. Educação Básica. 

 

 

 

 

 

 

THEMES OF EDUCATION POLICIES IN THE TRAINING OF SOCIAL SCIENCES TEACHERS 

 

Abstract

 

This study discusses data collected from a survey named “What the social scientists need to know about policies and organization of the primary education in order to become teachers?”. Two main goals are highlighted: a) to reflect about some aspects of the knowledge that Sociology teachers have about themes related to education policies, and b) to discuss the trainning of Social Sciences teachers and its culture. The initial hypothesis was that they was a gap in the teacher’s training for the school teaching of Sociology in regard to themes of education policies, but the results revealed two situations to be considered: 1) the majority of respondentes had contact with those themes during their initial training; and 2) the whole analysis shows that there is na uncertainty on the parto f respondentes with respect to their own knowledge on the subject. We acknowledge that these responses tell us that there might not be a gap, but a quality problem in the training.

 

Keywords:Teacher Training. Sociology teaching. Primary Education. 

 


Palavras-chave


Ensino de Ciências Sociais; Ensino de Sociologia;

Texto completo:

PDF

Referências


BABBIE, Earl. Métodos de Pesquisas de Survey. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2001.

BALL, Stephen J. Reformar escolas/reformar professores e os terrores da Performatividade. Revista Portuguesa de Educação, ano/vol. 15, número 02, Universidade do Minho, Braga, Portugal, pp. 3-23, 2002.

BODART, Cristiano das Neves; CIGALES, Marcelo Pinheiro. Ensino de Sociologia no Brasil (1993-2015): um estado da arte na pós-graduação. Revista de Ciências Sociais: RCS, v. 48, n. 2, p. 256-281, 2017.

BODART, Cristiano das Neves; SAMPAIO-SILVA, Roniel. O perfil do professor brasileiro de sociologia do ensino médio e sua percepção da condição docente. Inter-legere – Revista de Pós-Graduação em Ciências Sociais da UFRN. Natal/RN, nº 18 jan./jun de 2016.

BODART, Cristiano das Neves; SAMPAIO-SILVA, Roniel. Um Raio-X do professor de Sociologia brasileiro: condições e percepções. Estudos de Sociologia, v. 2, p. 197-233, 2017.

BODART, Cristiano das Neves; SILVA-SAMPAIO, Roniel. Quem leciona Sociologia após 10 anos de presença no ensino médio brasileiro? In: BODART, Cristiano das Neves; LIMA, Wenderson Luan dos Santos. O ensino de Sociologia no Brasil, vol.1. Maceió: Editora Café com Sociologia, 2019

BODART, Cristiano das Neves; TAVARES, Caio dos Santos. Programas de fomento a expansão do ensino superior e oferta de cursos de Ciências Sociais no Brasil (1999-2017). Cadernos da Associação Brasileira de Ensino de Ciências Sociais. Vol.2, nº.1, p. 07-29, jan./jun. 2018.

BODART, Cristiano das Neves; TAVARES, Caio dos Santos. Quando o assunto é Sociologia escolar: estado da arte nos periódicos de estratos superiores nas áreas de Ciências Sociais, Educação e Ensino. Revista de Ciências Sociais. Fortaleza, v. 51, n. 1, mar./jun., p. 353–396, 2020.

CANDAU, Vera Maria Ferrão. Ser professor/a hoje: novos confrontos entre saberes, culturas e práticas. Educação (Porto Alegre, impresso), v. 37, n. 1, p. 33-41, jan./abr. 2014.

COMBESSIE, Jean-Claude. O método em Sociologia: o que é, como faz. Tradução de Maria Stela Gonçalves. São Paulo: Edições Loyola, 2004.

DALE, Roger. Globalização e educação: demonstrando a existência de uma “Cultura Educacional Mundial Comum” ou localizando uma “Agenda Globalmente Estruturada para a Educação?”. Educação e Sociedade, Campinas, vol. 25, n. 87, p. 423-460, maio/ago. 2004.

DUBET, François. Mutações cruzadas: a cidadania e a escola. Revista Brasileira de Educação, v. 16, n. 47, maio-ago. 2011.

HANDFAS, Anita; MAÇAIRA, Julia Polessa. O estado da arte da produção científica sobre ensino de sociologia na educação básica. BIB, São Paulo, nº 74, pp. 43-59, 2014.

HEY, Ana Paula; FERREIRA, Eduardo Carvalho; MORAES, Maria Regina Cariello. Entre ciência e docência? A experiência da USP para formar professores de Sociologia. Contemporânea - revista de sociologia da UFSCar, v. 8, p. 635-661, 2018.

JINKINGS, Nise. Ensino de Sociologia: particularidades e desafios contemporâneos. Mediações, UEL, Londrina, v. 12, n. 1, 2007.

MORAES, Amaury César. Licenciatura em Ciências Sociais e ensino de Sociologia: entre o balanço e o relato. Tempo Social, São Paulo, USP, v. 15, n.1, p. 5-20, 2003.

MORAES, Amaury César. Currículo, formação e mercado de trabalho. Perspectiva, Florianópolis, v. 35, n. 1, p.17-32, jan./mar. 2017.

NÓVOA, Antonio. Professores: imagens do futuro presente. Lisboa: Educa, 2009.

OLIVEIRA, Amurabi. Cenários, tendências e desafios na formação de professores de Ciências Sociais no Brasil. Política & Sociedade, v. 14, n. 31, p. 39-62, 2015.

LAVAL, Christian. A escola não é uma empresa: o neo-liberalismo em ataque ao ensino público. Tradução Maria Luiza M. de Carvalho e Silva. Londrina: Editora Planta, 2004.

PEREIRA, Luiza Helena. Qualificando futuros professores de Sociologia. Mediações, UEL, Londrina, v. 12, n. 1, 2007.

QUEIROZ, Paulo Pires de. NEVES, Fagner Henrique Guedes. Sociologia escolar e culturas: reflexividade crítica e educação intercultural. Revista Interdisciplinar em Cultura e Sociedade (RICS), São Luís, Vol. 3, jan./jul. 2017.

SILVA, Ileizi Fiorelli. A Sociologia no ensino médio: os desafios institucionais e epistemológicos para a consolidação da disciplina. Cronos, UFRN, Natal, v. 8, n. 2, 2007.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Associação Brasileira de Ensino de Ciências Sociais - ABECS

Periodicidade: semestral

ISSN 2594-3707


 

 


Idioma: Português

Editor responsável: Cristiano das Neves Bodart

Autor corporativo: Associação Brasileira de Ensino de Ciências Sociais (ABECS)

Endereço: Cpo São Cristóvão, 177, UE São Cristóvão CPII, Sala do Departamento de Sociologia, São Cristóvão, Rio de Janeiro, RJ, CEP 20921-440, Brasil
CNPJ: 19.340.922/0001-76

Site da ABECS: www.abecs.com.br
Facebook da ABECS: https://www.facebook.com/abecsnacional/


INDEXADORES