O livro didático pelos professores: uso e aplicação nas aulas de Sociologia em Porto Alegre

Autores

Palavras-chave:

Livro didático, Concepções pedagógicas, Práticas de ensino

Resumo

O estudo analisa a relevância pedagógica que os livros didáticos assumem no processo de aprendizagem executado por professores que ministram a disciplina de Sociologia no ensino médio em Porto Alegre. Foram realizadas entrevistas para observar o uso e a importância do livro didático no planejamento e nas metodologias de ensino empregadas. A frequência com que os professores utilizam e a forma como instrumentalizam os livros didáticos de Sociologia em aula variam conforme a sua formação e a concepção de currículo que aplicam.

Abstract

The study analyzes the pedagogical relevance that schoolbook assume in the learning process performed by teachers who teach the discipline of Sociology in high school in Porto Alegre. Interviews were conducted to observe the use and importance of the schoolbook in planning and teaching methodologies used. The frequency and the form with which teachers use Sociology schoolbook in class varies according to their formation and the concept of curriculum they apply.


Biografia do Autor

Daniel Gustavo Mocelin, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Daniel Gustavo Mocelin é sociólogo, Doutor (2011) e Mestre em Sociologia (2006) e Bacharel (2002) e Licenciado (2008) em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Exerce o cargo de Professor Adjunto na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), lotado no Departamento de Sociologia do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Professor do quadro permanente do Programa de Pós-graduação em Sociologia da UFRGS e pesquisador do Grupo de Pesquisa Sociedade, Economia e Trabalho (GPSET/UFRGS/DGPB-CNPq). Atua nas áreas de ensino de ciências sociais, sociologia econômica, relações de emprego e de trabalho, metodologia da pesquisa sociológica e fundamentos da sociologia. Estudioso das relações de trabalho e de emprego nas atividades de tecnologias da comunicação e da informação. É líder do Laboratório Virtual e Interativo de Ensino de Ciências Sociais (Laviecs/UFRGS), núcleo acadêmico cadastrado no Diretório dos grupos de pesquisa do CNPq.

Referências

BRASIL. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Censo da Educação Básica 2019: Resumo Técnico do Estado do Rio Grande do Sul. Brasília: INEP, 2020.

BRASIL. Orientações Curriculares para o Ensino Médio: Ciências Humanas e suas tecnologias. Coordenando por Amaury C. Moraes, Nelson D. Tomazi e Elisabeth da F. Guimarães. Brasília: MEC/SEB/DPEM, 2006.

BODART, Cristiano das Neves. Prática de ensino de Sociologia: as dificuldades dos professores alagoanos. Mediações, v. 23, n. 2, p. 455-491, mai./ago. 2018.

BODART, Cristiano das Neves; FEIJÓ, Fernanda. A importância da Sociologia escolar: esclarecimentos necessários em tempo de obscurantismo. In: BODART, Cristiano das Neves; ROGÉRIO, Radamés de Mesquita (Orgs.). A importância do ensino das Ciências Humanas: Sociologia, Filosofia, História e Geografia. Maceió, AL: Editora Café com Sociologia. Brasil, 2020. pp. 19-47.

BODART, Cristiano das Neves; SILVA, Roniel Sampaio. Um “raio-x” do professor de Sociologia brasileiro: condições e percepções. Estudos de Sociologia, Recife, v. 2, n. 22, p. 197-233, 2016.

BODART, Cristiano das Neves; TAVARES, Caio dos Santos. Quando o assunto é Sociologia escolar: estado da arte nos periódicos de estratos superiores nas áreas de Ciências Sociais, Educação e Ensino. Revista de Ciências Sociais. Fortaleza, v. 51, n.1, p. 353-396, 2020.

HANDFAS, Anita. O que temos pesquisado sobre os livros didáticos de Sociologia? In: GONÇALVES, Danyelle Nilin; MOCELIN, Daniel Gustavo; MEIRELLES, Mauro (Orgs.). Rumos da Sociologia no ensino médio: ENESEB2015, Formação de professores, PIBID e experiências de ensino. Porto Alegre: Cirkula, 2016. pp. 131-142.

IANNI, Octávio. O ensino das ciências sociais no 1º e 2º graus. Palestra proferida em 1985. Cad. Cedes. Campinas, v. 31, n. 85, p. 327-339, 2011.

LAHIRE, Bernard. Viver e interpretar o mundo social: para que serve o ensino da sociologia? Revista de Ciências Sociais. Fortaleza, v. 45, n. 1, pp. 45-61, 2014.

MILLS, Charles W. A imaginação sociológica. Rio de Janeiro: Zahar, 1965.

MAÇAIRA, Júlia Polessa. O ensino de Sociologia e o livro didático. In: BRUNETTA, Antonio Alberto; BODART, Cristiano das Neves; CIGALES, Marcelo Pinheiro (Orgs). Dicionário do Ensino de Sociologia. Maceió: Café com Sociologia, 2020. pp. 210-214.

MELO, Valci. Os Livros Didáticos de Sociologia e os Sentidos do Ensino de Ciências Sociais na Educação Básica. Revista Cadernos da Associação Brasileira de Ensino de Ciências Sociais, CABECS, v.1, n.1, p. 109-12, jan./jun., 2017.

MOCELIN, Daniel Gustavo. O currículo pelos professores: práticas de ensino de Sociologia no Ensino Médio em Porto Alegre. Latitude, Maceió, v.15, edição especial, p.62-89, jan. 2021.

MOCELIN, Daniel Gustavo. O ensino de Sociologia e o seu campo. In: BRUNETTA, Antonio Alberto; BODART, Cristiano das Neves; CIGALES, Marcelo Pinheiro (Orgs). Dicionário do Ensino de Sociologia. Maceió: Café com Sociologia, 2020. pp. 57-62.

MUNAKATA, Kazumi. O livro didático: alguns temas de pesquisa. Rev. bras. hist. educ., Campinas-SP, v. 12, n. 3 (30), p. 179-197, set./dez. 2012.

MORAES, Amaury Cesar. O ensino da Sociologia e as Orientações Curriculares para o Ensino Médio (OCEM). In: BRUNETTA, Antonio Alberto; BODART, Cristiano das Neves; CIGALES, Marcelo Pinheiro (Orgs). Dicionário do Ensino de Sociologia. Maceió: Café com Sociologia, 2020. pp. 259-264.

PEREIRA, Luiza Helena; AMARAL, Jonathan Henriques do. A Sociologia no Ensino Médio em Porto Alegre-RS. Cient., Ciênc. Human. Educ., Londrina, v. 11, n. 1, p. 15-22, Jun. 2010.

RAIZER, Leandro; CAREGNATO, Célia Elizabete; MOCELIN, Daniel Gustavo; PEREIRA, Thiago Ingrassia. O ensino da disciplina de Sociologia no Brasil: diagnóstico e desafios para a formação de professores. Revista Espaço Acadêmico. Maringá, v. 16, n. 190, p. 15-26, 2017.

RAIZER, Leandro; MOCELIN, Daniel Gustavo. Concepções político-ideológicas e didático-pedagógicas dos participantes do IV ENESEB. Ciências Sociais Unisinos. São Leopoldo, v. 5, n. 3, p. 316-329, set./dez. 2015.

SANTOS, Mário Bispo dos. O PIBID na área de ciências sociais: condições epistemológicas e perspectivas sociológicas. Revista Brasileira de Sociologia, v. 2, n. 3, p. 55-79. 2014.

Downloads

Publicado

2021-07-31

Edição

Seção

Artigos