Cadernos da Associação Brasileira de Ensino de Ciências Sociais http://cabecs.com.br/index.php/cabecs <p><strong> <em>Cadernos da Associação Brasileira de Ensino de Ciências Sociais: r</em></strong><em>evista da Associação Brasileira de Ensino de Ciências Sociais (ABECS)</em><em> apresenta uma linha editorial clara sobre ensino de Ciências Sociais, ressaltando os seguintes temas: </em></p><ul><li><em>história do ensino de Ciências Sociais e de seus cursos;</em></li><li><em>a prática de ensino de Ciências Sociais e a formação de professores de Ciências Sociais;</em></li><li><em>as Ciências Sociais no ambiente escolar;</em></li><li><em>legislação, conteúdos e currículos de Ciências Sociais;</em></li><li><em>recursos e materiais didáticos no ensino de Ciências Sociais (inovações metodológicas) e;</em></li><li><em>estudos comparados em experiências internacionais no campo do ensino de Ciências Sociais. </em></li></ul><div><div class="page" title="Page 2"><div class="layoutArea"><div class="column"><p><span>Periodicidade</span><span>: semestral<br /> </span><span>Idioma: </span><span>Português<br /> </span><span>Editor responsável: </span><span>Cristiano das Neves Bodart</span><span><br /> </span><span>Suporte técnico: </span><span>Roniel Sampaio da Silva</span><span><br /> </span><span>Site da ABECS: </span><span>www.abecs.com.br<br /> </span><span>Facebook da ABECS: </span><span>https://www.facebook.com/abecsnacional/<br /> </span><span>Site da CABECS: </span><span>www.abecs.com.br/revista/ </span></p><p><span><span>ISSN </span><strong>2594-3707</strong></span></p></div></div></div></div><p><em><br /></em></p> pt-BR Cadernos da Associação Brasileira de Ensino de Ciências Sociais 2594-3707 <h4>1. Proposta de Política para Periódicos de Acesso Livre</h4><br /><span>Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos:</span><br /><br /><ol type="a"><ol type="a"><li>Autores mantém os direitos autorais e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a <a href="http://creativecommons.org/licenses/by/3.0/" target="_new">Licença Creative Commons Attribution</a> que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.</li></ol></ol><br /><ol type="a"><ol type="a"><li>Autores têm autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não-exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista (ex.: publicar em repositório institucional ou como capítulo de livro), com reconhecimento de autoria e publicação inicial nesta revista.</li></ol></ol><br /><ol type="a"><ol type="a"><li>Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal) a qualquer ponto antes ou durante o processo editorial, já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado (Veja <a href="http://opcit.eprints.org/oacitation-biblio.html" target="_new">O Efeito do Acesso Livre</a>).</li></ol></ol><br /><br /><br /><h4>Proposta de Política para Periódicos que oferecem Acesso Livre Adiado</h4><br /><span>Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos:</span><br /><br /><ol type="a"><ol type="a"><li>Autores mantém os direitos autorais e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho licenciado simultaneamente sob uma <a href="http://creativecommons.org/licenses/by/3.0/" target="_new">Licença Creative Commons Attribution</a> [ESPECIFICAR TEMPO AQUI] após a publicação, permitindo o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria do trabalho e publicação inicial nesta revista.</li></ol></ol><br /><ol type="a"><ol type="a"><li>Autores têm autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não-exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista (ex.: publicar em repositório institucional ou como capítulo de livro), com reconhecimento de autoria e publicação inicial nesta revista.</li></ol></ol><br /><ol type="a"><li>Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal) a qualquer ponto antes ou durante o processo editorial, já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado (Veja <a href="http://opcit.eprints.org/oacitation-biblio.html" target="_new">O Efeito do Acesso Livre</a>).</li><li></li></ol> Editorial http://cabecs.com.br/index.php/cabecs/article/view/340 Cristiano das Neves Bodart Copyright (c) 2021 Cristiano das Neves Bodart 2021-07-31 2021-07-31 01 04 Em defesa da Sociologia na escola e da formação de professores: entrevista realizada com Danyelle Nilin Gonçalves http://cabecs.com.br/index.php/cabecs/article/view/333 <p>O campo de pesquisa acerca do ensino de Sociologia é um espaço que mobiliza pessoas que reconhecem a Educação Básica como um lugar importante na sociedade brasileira. A entrevistada desta edição de CABECS é uma pesquisadora, docente e militante pela Sociologia escolar. Docente da Universidade Federal do Ceará, Danyelle Nilin Gonçalves é uma referência na produção acadêmica, na organização do Encontro Nacional sobre Ensino de Sociologia na Educação Básica e na coordenação nacional do Mestrado Profissional de Sociologia em Rede Nacional (ProfSocio). Neste diálogo, conhecemos um pouco mais de sua trajetória, concepções e atuações na área.</p> Thiago Ingrassia Pereira Copyright (c) 2021 Thiago Ingrassia Pereira 2021-07-31 2021-07-31 138 145 Versão Completa v.5, n.1 http://cabecs.com.br/index.php/cabecs/article/view/341 Kamille Ramos Torres Copyright (c) 2021 Kamille Ramos Torres 2021-07-31 2021-07-31 01 145 A afirmação da criatividade da Sociologia em tempos incertos http://cabecs.com.br/index.php/cabecs/article/view/339 Leia a apresentação, acessando o PDF. Julia Polessa Maçaira Copyright (c) 2021 Julia Polessa Maçaira 2021-07-31 2021-07-31 05 12 Decifra-me ou Devoro-te: uma oficina de intervenção sociológica http://cabecs.com.br/index.php/cabecs/article/view/291 <p>O artigo apresenta a oficina “Decifra-me ou Devoro-te” desenvolvida durante a inserção do autor enquanto bolsista do Programa Residência Pedagógica financiada pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), do mesmo modo que seu estágio curricular, supervisionado pelo curso de licenciatura em Ciências Sociais, durante o ano de 2019. Realizada com estudantes do Ensino Médio, de escolas públicas da região da 15ª Coordenadoria Regional de Educação de Erechim no Rio Grande do Sul, a oficina foi organizada sob modo de um tribunal do júri, sendo oportunizado aos(as) estudantes elaborarem; criarem e apresentarem acusações e defesas de determinados casos a um júri, que por fim determinou o veredito final deles. Ao fim da oficina foram expostos os argumentos feitos por Acusação e Defesa, do mesmo modo que problematizadas questões acerca de julgamento prévio; análises superficiais de conteúdo; prospecção de argumentos e (co)relação entre indivíduos e sociedade, no âmbito jurídico; político; social e cultural brasileiro.</p><p><strong>Abstract</strong></p><p>The article aims to show the workshop “Decifra-me ou Devoro-te (Decipher me or I will devour you)” developed during the author insertion as a scientific initiation scholarship in Pedagogical Residency Program financed by Higher Education Personnel Coordination Improvement (CAPES), in the same way as his curricular internship, supervised by the Social Sciences degree course, during 2019. The workshop was held with high school students, from 15th Regional Education Coordination public schools region, and was organized as a jury court, giving opportunities to the students elaborate; create and present prosecutions and defenses in specific cases to a jury, which determined their final verdict. At the workshop conclusion, the arguments made by the Prosecution and Defense were exposed, as well as were problematizing questions about prior judgment; superficial content analysis; prospection of arguments and (co)relationship between individuals and society, in the legal Brazilian, political, social and cultural scope.</p> Maikon Bueno Copyright (c) 2021 Maikon Bueno 2021-07-31 2021-07-31 13 31 Práticas (Coletivas) de pesquisa em tempos de isolamento social http://cabecs.com.br/index.php/cabecs/article/view/326 <p>Este relato de experiência compartilha os resultados obtidos com as atividades desenvolvidas na disciplina Práticas de Pesquisa em Ciências Sociais I (PP1) do curso de bacharelado em Ciências Sociais da Universidade Federal Fluminense (campus Campos dos Goytacazes). A disciplina tem como objetivo geral apresentar diferentes práticas de pesquisa em Ciências Sociais, tanto em nível empírico como nos planos teórico e metodológico, tornando o aluno habilitado para executar uma pesquisa em disciplinas subsequentes. O presente relato recorda o último semestre letivo de 2020, frente ao desafio de apresentar a prática da pesquisa de forma remota para alunos recém ingressos no curso, por conta da suspensão das aulas presenciais como prevenção à transmissão do vírus SARS-CoV-19. As idas ao campo foram substituídas por relatos de pesquisadores de diversas áreas e em várias fases de seus trabalhos, que aconteceram via plataforma Google Meet. As experiências de atividades desenvolvidas não só cumpriram o papel de possibilitar aos alunos conhecerem múltiplas formas de execução de uma pesquisa, como também permitiram que bacharelandos, em suas diversas realidades sociais, percorressem o processo de aprendizagem coletivamente. Na tentativa de trazer a experiência do campo para a sala de aula virtual, a disciplina de PP1 promoveu também a socialização e a percepção da pesquisa como construto coletivo.</p><p><strong>Abstract</strong></p><p>This experience report shares the results obtained with the activities developed in the discipline Research Practices in Social Sciences I (PP1) of the Bachelor's degree in Social Sciences at Universidade Federal Fluminense (Campos dos Goytacazes campus). The subject has as general objective to present different research practices in Social Sciences both at an empirical level and at the theoretical and methodological levels, making the student qualified to carry out research in subsequent disciplines. The present report recalls the last academic semester of 2020 in the face of the challenge of presenting the research practice to students recently enrolled in the course, remotely due to the suspension of face-to-face classes to prevent the transmission of the SARS-CoV-19 virus. The trips to the field were replaced by reports from researchers from different areas and phases of their work that took place via the Google Meet platform. The experiences of developed activities not only fulfill the role of the students to know multiple possibilities of carrying out a research, but also allowed bachelors in their diverse social realities to go through the learning process collectively. In an attempt to bring the experience of the field to the virtual classroom, the discipline of PP1 also promoted socialization and the perception of research as a collective construct.</p> Mariele Troiano Copyright (c) 2021 Mariele Troiano 2021-07-31 2021-07-31 32 43 A história do ensino de Sociologia no Brasil sob as apropriações da Teoria Disposicionalista http://cabecs.com.br/index.php/cabecs/article/view/334 <p>O presente artigo realiza uma análise das apropriações da Sociologia disposicionalista nas pesquisas sobre a história do ensino de Sociologia. Para tanto, mapea e sistematiza as principais contribuições exploradas nesses estudos, o que auxilia na compreensão do estágio atual do subcampo de pesquisa, voltado ao referido tema, e na (re)construção de agendas de pesquisa profícuas. Foram identificadas variadas apropriações da teoria disposicionalista, as quais vêm contribuindo para a ampliação dos focos de pesquisa, o desenvolvimento de questionamentos teóricos mais amplos e explicações de fenômenos sociais vinculados à história do ensino de Sociologia no Brasil em seus contextos macro e microssociológicos. O conjunto das pesquisas mostra-se teórico-metodologicamente potente nos resultados e na abertura para outras apropriações e (re)construções de novas agendas de pesquisa, o que tem oxigenado os estudos em torno da institucionalização da Sociologia escolar.</p><p><strong>Abstract</strong></p><p>This article analyzes the appropriations of dispositionalist sociology in research on the history of sociology teaching. To this end, it maps and systematizes the main contributions explored in these studies, which helps in understanding the current stage of the research subfield focused on this theme and in the (re)construction of fruitful research agendas. Several appropriations of dispositionalist theory were identified, which have contributed to the expansion of research foci, the development of broader theoretical questions and explanations of social phenomena linked to the history of sociology teaching in Brazil in its macro and microsociological contexts. The set of studies are theoretically and methodologically potent in the results and in the openness to other appropriations and (re)constructions of new research agendas, which has oxygenated the studies around the institutionalization of school sociology.</p><p><strong><br /></strong></p> Cristiano das Neves Bodart Caio dos Santos Tavares Copyright (c) 2021 Cristiano das Neves Bodart, Caio dos Santos Tavares 2021-07-31 2021-07-31 44 66 A Ciência Política e o ensino das Ciências Sociais: balanço do Grupo de Discussão do IV Congresso da ABECS http://cabecs.com.br/index.php/cabecs/article/view/312 <p>Este artigo atenta para a Ciência Política em sua inserção no ensino das Ciências Sociais, tomando como mote as discussões ocorridas no Grupo de Discussão (GD) “A Ciência Política e o Ensino das Ciências Sociais”, parte integrante da programação do IV Congresso da ABECS (Associação Brasileira de Ensino de Ciências Sociais). O ensino das Ciências Sociais vem se consolidando como um espaço que trata do ensino da Antropologia, Ciência Política e Sociologia, não obstante a disciplina escolar seja consagrada pela nomenclatura de Sociologia. Sendo assim, os currículos com temas, conteúdos e arcabouço teórico englobam estas três áreas do conhecimento, mas estas também possuem suas próprias especificidades e geram diferentes investigações e debates. Neste sentido, o ensino de Ciência Política no ensino médio tem sido alvo de paulatina atenção para melhor compreensão de sua inserção na escola, inclusive na criação de espaços de discussão próprios da área. Através da análise dos trabalhos apresentados no GD indicado foi possível perceber os caminhos em que a Ciência Política se insere no ensino de Ciências Sociais, explicitados tanto em termos de currículo quanto de metodologias de ensino materializadas nas práticas docentes. </p><p><strong>Abstract</strong></p><p>This article focuses on Political Science as inlaying in the field of teaching of Social Sciences, taking as a landmark of the discussions that took place in the Discussion Group (DG) “Political Science and the Teaching of Social Sciences”, as an integral part of the program of the IV Congress of the ABECS (Brazilian Association for the Teaching of Social Sciences). The teaching of Social Sciences has been consolidating itself as a space which deals with the teaching of Anthropology, Political Science and Sociology, despite the fact that school discipline is enshrined in the nomenclature of Sociology. Therefore, curricula with themes, content and theoretical framework encompass these three areas of knowledge, but they also have their own specificities and can promote different investigations and debates. Therefore, the teaching of Political Science in high school level has been the target of gradual attention for a better understanding of its application in the school, including in the creation of discussion spaces specific to the area. Through the analysis of the works presented in the DG it was possible to perceive ways in which Political Science is framed in the teaching of Social Sciences, explicited in two approachs, such as curriculum and teaching methodologies materialized in teaching practices.</p><p><strong><br /></strong></p> Joana da Costa Macedo Ana Martina Baron Engerroff Copyright (c) 2021 Joana da Costa Macedo, Ana Martina Baron Engerroff 2021-07-31 2021-07-31 67 87 O livro didático pelos professores: uso e aplicação nas aulas de Sociologia em Porto Alegre http://cabecs.com.br/index.php/cabecs/article/view/337 <p>O estudo analisa a relevância pedagógica que os livros didáticos assumem no processo de aprendizagem executado por professores que ministram a disciplina de Sociologia no ensino médio em Porto Alegre. Foram realizadas entrevistas para observar o uso e a importância do livro didático no planejamento e nas metodologias de ensino empregadas. A frequência com que os professores utilizam e a forma como instrumentalizam os livros didáticos de Sociologia em aula variam conforme a sua formação e a concepção de currículo que aplicam.</p><p><strong>Abstract</strong></p><p>The study analyzes the pedagogical relevance that schoolbook assume in the learning process performed by teachers who teach the discipline of Sociology in high school in Porto Alegre. Interviews were conducted to observe the use and importance of the schoolbook in planning and teaching methodologies used. The frequency and the form with which teachers use Sociology schoolbook in class varies according to their formation and the concept of curriculum they apply.</p><p><strong><br /></strong></p> Daniel Gustavo Mocelin Copyright (c) 2021 Daniel Gustavo Mocelin 2021-07-31 2021-07-31 88 114 “Eu sou Malala”: gênero, representatividade e educação como prática transformadora http://cabecs.com.br/index.php/cabecs/article/view/311 <p>Este artigo tem por intuito compartilhar as experiências vivenciadas pela equipe executora de um projeto de ensino realizado nas escolas públicas estaduais do município de São Bernardo/MA, cujo objetivo foi a implementação, reflexiva e crítica, de metodologias do ensino de Sociologia promotoras de diálogos e interfaces com diferentes linguagens, tais como o cinema, bem como a inserção de mídias sociais. Durante os meses em que as atividades foram realizadas na escola, foi utilizado o próprio material existente na instituição, os livros da ativista paquistanesa Malala Yousafzai, distribuídos pelo governo do estado do Maranhão, com a finalidade de debater temas centrais da Sociologia, tais como: desigualdades sociais e de gênero, cidadania, direito igualitário à educação, relacionando com conceitos presentes na base curricular da disciplina do ensino médio. Como conclusão, pode-se perceber que a proposta de Paulo Freire, centrada na valorização das experiências dos estudantes, se constitui como uma ferramenta poderosa para tornar o ensino de Sociologia contextualizado, interdisciplinar, plural e, ao mesmo tempo, visto como interessante para as alunas e alunos.</p><p><strong>Abstract</strong></p><p>This paper aims to share the experiences of the executive team of a teaching project carried out in state public schools in the city of São Bernardo, State of Maranhão, whose objective was the pondered and critic implementation of methodologies of teaching Sociology that promote dialogues and interfaces with different languages, such as cinema, as well as the introduction of social media. During the months in which the activities were carried out at school, we used the material available at the institution, books by Pakistani activist Malala Yousafzai, distributed by the state government of Maranhão, to discuss central themes of Sociology, such as: social and gender inequalities, citizenship, egalitarian right to education, relating to concepts present in the curriculum of this high school course. As a conclusion, it can be noticed that Paulo Freire's proposal, centered on the appreciation of students' experiences, constitutes a powerful tool to make the teaching of Sociology contextualized, interdisciplinary, plural and, concurrently, seen as interesting for both male and female students.</p><p><strong><br /></strong></p> Amanda Gomes Pereira Lucas Oliveira dos Santos Gizele Oliveira dos Santos Copyright (c) 2021 Amanda Gomes Pereira, Lucas Oliveira dos Santos, Gizele Oliveira dos Santos 2021-07-31 2021-07-31 115 137