O estágio em Sociologia: engajamento, estética negra e formação docente no Recôncavo da Bahia

Autores

  • Bruno Rodrigues Durães Universidade Federal do Recôncavo da Bahia e CRH/UFBA
  • Daniela Almeida Silva Silveira UFRB

Palavras-chave:

Estágio curricular. Ensino de Sociologia. Estética negra. Engajamento.

Resumo

Apresentamos aqui uma experiência de estágio em sociologia para a formação docente, do curso Licenciatura em Ciências Sociais, da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. A abordagem utilizada foi qualitativa, baseada em observações e vivências. O estágio foi realizado no Colégio Estadual Alberto Torres (CETEP II), na cidade de Cruz das Almas-Bahia. Concluímos que o estágio pode vir a ser um momento crucial para o despertar do interesse pela docência, sendo o ápice do processo formativo acadêmico. No caso aqui descrito, este florescer do encantamento e engajamento com o ensino, foi acompanhado por situações que expuseram limites e desafios que levaram à compreensão do espaço de sala de aula como espaço dinâmico e multifacetado.

Abstract

We present here an internship experience in sociology for teacher training, from the Social Sciences Degree course, at the Federal University of Recôncavo da Bahia. The approach used was qualitative, based on observations, experiences. The internship was held at Colégio Estadual Alberto Torres (CETEP II), in the city of Cruz das Almas-Bahia. We concluded that the internship may prove to be a crucial moment to awaken interest in teaching, being the culmination of the academic training process. In the case described here, this flourishing of enchantment and engagement with teaching, was accompanied by situations that exposed limits and challenges that led to the understanding of the classroom space as a dynamic and multifaceted space.

Keywords: Curricular stage. Sociology teaching. Black aesthetic. Engagement.


Biografia do Autor

Bruno Rodrigues Durães, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia e CRH/UFBA

Sociólogo. Licenciado e Bacharel em Ciências Sociais pela Universidade Federal da Bahia. Mestre em Sociologia e Doutor em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), professor do Programa de Pós-Graduação em Política Social Territórios (POSTERR) da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia e de Sociologia da mesma instituição e Pesquisador do CRH/UFBA. Membro da Direção Nacional da Associação Brasileira de Ensino de Ciências Sociais (ABECS - Comissão de Ética, 2018-2020). E-mail: [email protected]

Daniela Almeida Silva Silveira, UFRB

Socióloga e Licenciada em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB). Tem experiência na área de Sociologia e ensino de sociologia, atuando principalmente nos seguintes temas: gênero, feminismo negro, crime, violência, raça e segurança pública. Foi bolsista CAPES da Residência Pedagógica em Sociologia da UFRB (2018- 2020). E-mail: [email protected]

Referências

BODART, Cristiano; SAMPAIO-SILVA, Roniel. O ensino de sociologia no Brasil (volume2). Maceió: Editora Café Com Sociologia. 2019.

BUENO, Luzia et al. A construção de representações sobre o trabalho docente: o papel do estágio. FAPESP, 2009.

DAYRELL, J. A escola como espaço sócio-cultural. In: DAYRELL, J. (Org.) Múltiplos olhares sobre educação e cultura. Belo Horizonte: Editora da UFMG, 2001, p. 136-161.

DURÃES, Bruno. A Licenciatura em Ciências e o Ensino de Sociologia no Recôncavo da Bahia: formação e prática através de pesquisa, ensino e extensão. In: Cadernos da Associação Brasileira de Ensino de Ciências Sociais (CABECS), vol. 2, nº 1, p. 92-114, jan./jun., 2018. Disponível em: https://abecs.com.br/revista/index.php/cabecs/article/view/133/80. Acesso em: 29 de maio de 2020.

FÁVERO, Maria L.A. Universidade e estágio curricular: subsídios paradiscussão. In: ALVES, Nilda (org.) Formação de professores: pensar e fazer. São Paulo: Cortez, 1992.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. 17. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

FREIRE, Paulo. Extensão ou comunicação? Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2013.

GOFFMAN, Erving. Estigma: notas sobre a manipulação da identidade deteriorada. 4a ed. Rio de Janeiro, Guanabara, 1988.

GOMES, Nilma Lino. Trajetórias escolares, corpo negro e cabelo crespo: reprodução de estereótipos ou ressignificação cultural?. Rev. Bras. Educ., Rio de Janeiro , n. 21, p. 40-51, Dec. 2002 . Available from <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-24782002000300004&lng=en&nrm=iso>. access on 30 May 2020. http://dx.doi.org/10.1590/S1413-24782002000300004.

GOMES, Nilma Lino. Educação, identidade negra e formação de professores/as: um olhar sobre o corpo negro e o cabelo crespo. Educação e pesquisa, v. 29, n. 1, p. 167-182, 2003.

HOOKS, Bell. Ensinando a transgredir: a educação como prática da liberdade. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2013.

LIMA, Maria Socorro Lucena; PIMENTA, Selma Garrido. Estágio e docência: diferentes concepções. Poíesis Pedagógica, v. 3, n. 3 e 4, p. 5-24, 2006. Acesso em 16 de novembro de 2020. https://www.revistas.ufg.br/poiesis/article/view/10542/7012.

OLIVEIRA, Amurabi; BARBOSA, Vilma Soares Lima. Formação de professores em Ciências Sociais: desafios e possibilidades a partir do estágio e do PIBID. Revista Inter-Legere, n. 13, 2013.

OLIVEIRA, Amurabi. Trajetórias e práticas pedagógicas entre professores de sociologia. Revista Diálogo Educacional, v. 19, n. 60, 2019.

OLIVEIRA, Roberto Cardoso de. O trabalho do antropólogo: olhar, ouvir, escrever. Revista de Antropologia. São Paulo, USP, v.39, n.1, 1996.

NEVES, Ana Beatriz Maia; MELO, Camila. “Professor regente e licenciandos no estágio supervisionado da prática de ensino: quem aprende com quem?”. In: HANDFAS, Anita;

PIMENTA, Selma Garrido. O Estágio na Formação de Professores: unidade teoria e prática?. São Paulo: Cortez, 2012.

RIBEIRO, Paulo R. de O. No chão da escola se constrói a arte docente: memorial descritivo dos estágios supervisionados I, II e III. TCC de conclusão de Curso em Licenciatura em Ciências Sociais. Cachoeira: CAHL/UFRB, 2018.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA. Projeto Político Pedagógico do Curso de Licenciatura em Ciências Sociais. Cruz das Almas: CAHL/Licenciatura em Ciências Sociais/UFRB, 2019.

Downloads

Publicado

21-01-2021

Edição

Seção

Relato de Experiência